domingo, 11 de junho de 2006

Pode-se escrever... Ou como nascem as coisas


Afinal a tão falada angústia do escritor em frente da página em branco, é simples de resolver… ainda estamos na linha de (re) lembrar percursos e histórias antigas...

_________________________________________________________________
Actuação escrita
Pedro Oom

Pode-se escrever
Pode-se escrever sem ortografia
Pode-se escrever sem sintaxe
Pode-se escrever sem português
Pode-se escrever numa língua sem saber essa língua
Pode-se escrever sem saber escrever
Pode-se pegar na caneta sem haver escrita
Pode-se pegar na escrita sem haver caneta
Pode-se pegar na caneta sem haver caneta
Pode-se escrever sem caneta
Pode-se sem caneta escrever caneta
Pode-se sem escrever escrever plume
Pode-se escrever sem escrever
Pode-se escrever sem sabermos nada
Pode-se escrever nada sem sabermos
Pode-se escrever sabermos sem nada
Pode-se escrever nada
Pode-se escrever com nada
Pode-se escrever sem nada
Pode-se não escrever

Sem comentários:

Enviar um comentário