sexta-feira, 23 de junho de 2006

29 - É possível

LETRA PARA UM HINO

É possível falar sem um nó na garganta
É possível amar sem que venham proibir
É possível correr sem que seja a fugir.
Se tens vontade de cantar não tenhas medo: canta.

É possível andar sem olhar para o chão
É possível viver sem que seja de rastos.
Os teus olhos nasceram para olhar os astros
Se te apetece dizer não grita comigo: não.

É possível viver de outro modo.
É possível transformares em arma a tua mão.
É possível o amor. É possível o pão.
É possível viver de pé.

Não te deixes murchar. Não deixes que te domem.
É possível viver sem fingir que se vive.
É possível ser homem.
É possível ser livre livre livre.

Manuel ALEGRE
in “ O Canto e as armas “



Hoje vivo na (da) utopia. O que é que se pode fazer?
(dêm-lhe férias que isso passa...)
Será que existe mesmo esta cidade? que outro rumo deverei seguir?

Sem comentários:

Enviar um comentário