sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

A Biblioteca (múltiplas leituras)



O que saberei, o que não saberei nunca,
está na Biblioteca em verde murmúrio
de flauta-percalina eternamente.

Carlos Drummond de Andrade

Textos produzidos pelos alunos do 7ºAno, após terem observado a gravura "Biblioteca" de Vieira da Silva:

A biblioteca é um sítio inspirador, onde podemos alargar o nosso conhecimento e dar asas à nossa imaginação. É um local encantador que faz lembrar os velhos sábios rodeados pelas belíssimas e inimagináveis histórias que têm tanto para contar.

Uma biblioteca pode ser: fantástica, mágica, pura, silenciosa, catita, mas por vezes secante, desconhecida, enorme, linda, muito incrível...

Enfim... a biblioteca pode ser um espaço de sonho!

Autores:Beatriz, Erika, Sofia e Rui


A biblioteca de Vieira da Silva é colorida, lindíssima, confusa, muito desorganizada, enormíssima, geométrica, silenciosa, obscura, sinistra, divertida, vistosa...

Catarina e Filipa


A biblioteca de Vieira da Silva é grandiosa, bonita, espantosa, colorida, brilhante, com muitos livros, geométrica, única, inovadora, poderosa, valiosa, cultural, vazia, cheia, antiga, diferente, estranha, desajeitada, irresistível, luminosa...

Pedro e Margarida


Na biblioteca, os livros são objectos fascinantes, mais do que os computadores.

Uns são românticos, engraçados, amarelos, vermelhos, de todas as cores possíveis, grandes e pequenos, muito interessantes, têm muitas maravilhas que podemos sentir ao lê-los se olharmos com olhos de ver!

Ariana, Mariana, Rita

Sem comentários:

Enviar um comentário