domingo, 9 de janeiro de 2011

1252 - Que semana tão compriiida



















Parece que passou um mês desde 2ª feira!
Que semana tão longa

---

É engraçado, este é um pensamento que já há muito tempo não tinha. Lembro-me das idas e vindas de comboio de Lisboa para Coimbra enquanto estudante. Parecia que eram viagens no tempo e que entrava noutra dimensão

Esta semana pareceu-me igual. De tão cheia e multifacetada já nem reconheço o João de dia 2 de Janeiro. Quem era esse que agora me parece tão estranho?


E por vezes as noites duram meses
E por vezes os meses oceanos
E por vezes os braços que apertamos
nunca mais são os mesmos E por vezes

encontramos de nós em poucos meses
o que a noite nos fez em muitos anos
E por vezes fingimos que lembramos
E por vezes lembramos que por vezes

ao tomarmos o gosto aos oceanos
só o sarro das noites não dos meses
lá no fundo dos copos encontramos

E por vezes sorrimos ou choramos
E por vezes por vezes ah por vezes
num segundo se envolam tantos anos.

2 comentários:

  1. O poema de DMF pode explicar...
    A mim pareceu-me enorme porque estive constipada e sem sair de casa...

    :)
    Beijo, João.

    ResponderEliminar
  2. Maria:

    A mim pareceu-me uma viagem no tempo. Cheguei ao fim de semana e parecia que tinham passado anos. Talvez fosse o regresso à rotina!

    Beijo

    João P.

    ResponderEliminar