sábado, 10 de março de 2012

1475 - Primavera

 Às voltas com a minha tese... aproxima-se o momento de ter de a entregar e agora todos os pequenos momentos são aproveitados para a rever e para a concluir.
Esta é uma fase chata! aquelas duas ou três páginas que a computador nos pareciam terem ficado muito boas e que nos significaram um dia de trabalho a rever a literatura, afinal ficaram confusas quando se lêem em papel. Corrige...
Depois, mais à frente, há outra frase sem sentido... depois faltam pontuações ou outros detalhes... irra! queremos concluir uma fase e há sempre um diabrete que se lembra de semear a confusão no texto brincando com as nossas palavras...
Ah as palavras que nos fogem e que se escondem de nós...

A Primavera....
Parece ainda não ter chegado a esta árvore que acompanhei todo o outono e inverno. As cores do rio foram mudando mas ela ainda não despertou

















Em compensação, aqui por casa, a primavera chega todos os dias. A romãzeira já despertou, o pessegueiro já tem um botão rosa... está quase, quase a rebentar... a amendoeira que vai na segunda primavera aqui em casa vai ter meia dúzia de amêndoas... A magnólia está linda!!! de um dia para o outro abriram as flores, as roseiras estão a rebentar e o jasmim também. Daqui a uns breves dias vai haver um cheiro intenso no jardim... 

















Iremos em frente, iremos em frente!
Ah, o sol! já está tão quentinho... adeus roupas quentes!

2 comentários:

  1. Vá lá, João, só falta um bocadinho...
    E depois a primavera já chegou mesmo ao teu jardim. Chega aqui o cheiro das magnólias e do jasmim!

    :)))

    ResponderEliminar
  2. Maria:

    Mas é que o jardim está mesmo bem cheiroso. Adoro o cheiro do jasmim!!!

    beijo

    João P.

    ResponderEliminar