domingo, 18 de setembro de 2011

Extinção / Fusão do Plano Nacional de Leitura

Esta semana estive na Gulbenkian para assistir ao fim da V conferência do PNL.Foi apresentado um estudo de avaliação dos 5 anos do Plano Nacional de Leitura feito por uma entidade externa o ISCTE
Nesse estudo, disponível em síntese em:
http://www.publico.pt/Educa%C3%A7%C3%A3o/mais-de-metade-dos-jovens-portugueses-valorizam-a-leitura_1511882  chegou-se à conclusão que o programa tem dado frutos, que os miúdos lêem muito mais e ainda outros resultados positivos que mostravam um trabalho consistente e de continuidade e uma liderança estratégica. Tudo isso foi demonstrado e elogiado. Até se comentou que este programa era um oásis num país que nunca avaliava e dava continuidade às coisas que funcionavam e davam frutos.

Nem de propósito! o governo extingui-o ontem. Aqui está  http://economia.publico.pt/Noticia/governo-divulga-lista-dos-organismos-que-vao-ser-extintos-e-fundidos_1512256

Pode ter alguns motivos que ainda não explicou. pode ser apenas uma fusão ou que se venha a criar um novo programa. Por agora só me apetece dizer: Queriam continuidade, trabalho sistemático e duradouro? Assim não vamos lá!

sendo que ao lá me quero referir ao aumento dos níveis de literacia, a uma sociedade mais culta, ao fomento da leitura.

Se a educação é cara, experimente-se a ignorância!

Sem comentários:

Enviar um comentário