quarta-feira, 27 de abril de 2011

1330 - 26 de Abril de 2011

















Confesso que estas comemorações de Abril me deixaram, nestes dias, um certo amargo de boca, sendo paradigmático de um certo estado de coisas a voz off de um locutor de continuidade da SIC ao anunciar que a programação do dia 25 seria "revolucionária" (real) pois iriam passar um filme sobre Letícia e o príncipe das Astúrias e mais à frente um filme sobre Kate e Guilhereme!

Veja-se o despautério!

A RTP esteve bem melhor com o programa sobre o Zeca e os três cantos mais uma série de músicas de Abril na RTP Memória

Bem sei que as comemorações de Abril cada vez irão dizer menos às novas gerações (embora se trate de comemorar a liberdade e não apenas um acontecimento datado históricamente!) mas parece-me que, tal como o Zé Mário escreveu há uns anos: "saímos à rua de cravo na mão sem dar conta de que saímos à rua de cravo na mão a horas certas, né filho?"
  
Confesso que me souberam muito bem ouvir as canções que marcaram a minha vida, mas também acho que isto das canções só por si não faz muito sentido numa altura em que; à mesma hora, temos o FMI a negociar no Terreiro do Paço

Parece-me estar a haver um curto circuito lógico nisto tudo

sim, bem sei que tem havido contestação com grandes manifestações em todo o país mas...

Sem comentários:

Enviar um comentário