sexta-feira, 24 de abril de 2009

785 - "uma noite destas às 3 e tal"
























I

Tempo de chuva
tempo de Adriano
tempo de luta
tempo de Alegre
tempo de chuva
tempo de Mendes
tempor de chuva
tempo de Adriano
tempo de luta
tempo de Adriano
tempo de Abril
Adriano, Ary, Zeca
tempo de Maio
Zeca, Adriano, Ary
tempo de chuva
Tempo de LUTA!!!!!!

Maria
(a propósito de uma chuva de Abril, metáfora do muito que a esperança de Abril tem para cumprir)

II

Que o poema seja microfone e fale
uma noite destas de repente às três e tal
para que a lua estoire e o sono estale
e a gente acorde finalmente em Portugal.

Manuel Alegre

Sem comentários:

Enviar um comentário