quinta-feira, 27 de junho de 2013

Ler é saber contar uma história seja em que suporte for

Após ter sido juri, tive a felicidade e o privilégio de participar hoje na entrega dos prémios aos grupos vencedores do concurso "conta-me uma história" Promovido pela ERTE, Microsoft, PNL e Rede de Bibliotecas Escolares, cerimónia esta que decorreu nas instalações da microsoft.

link de acesso às histórias premiadas:   http://www.crie.min-edu.pt/index.php?section=422

Estes miúdos estão mesmo de parabéns! não só por terem sido premiados mas por todo o processo que levou à construção da história que levaram a concurso.

Se lhes tivesse dirigido a palavra esta tarde, ter-lhes-ia dito qualquer coisa como isto:


1 - Quero dar-vos os parabéns por terem participado neste concurso e pelo esforço e empenho que demonstraram, pois sabemos bem que para apresentarem o trabalho final houve que passar por momentos mais “chatos” a gravação que não ficou boa, o meminho que se enganou, …. A vida é assim, Para se “ganhar”, para se alcançar os objetivos a que no propusemos, é necessário, dedicação, esforço, repetição. Dá trabalho, mas os resultados só podem vir a ser como estes. São vencedores

2 – Também vos quero dar os parabéns e a todos os meninos deste pais que participaram no concurso porque leram muitas histórias, escolheram a que mais gostavam e tiveram o gosto de a recontar a todos os meninos que falam e escrevem português. É tão bom ler, é tão bom sentir a nossa imaginação a voar, é tão bom aprender, é tão bom partilhar com os outros as coisas de que gostamos mesmo. Eu também gostei muito de ouvir e ver todas as histórias (mesmo aquelas que não ganharam nenhum prémio pois sei que da parta da escola houve meninos quiseram participar e partilhar os livros e as histórias de que gostaram s)

3 – Espero que tenham gostado de aprender a fazer podcast! Esta é uma ferramenta que vos pode ajudar a fazer trabalhos muito bonitos e apelativos. Imaginem-se a apresentar trabalhos aos vossos colegas e professores desta forma! Ficam apelativos não ficam? Para além disso, usando este tipo de ferramentas cada um de vós também aprende a trabalhar com a informação: terá que aprender a selecionar a que lhe interessa, a trabalha-la e a transformá-la, a construir um guião sobre essa mesma informação de modo a que possa “caber” no tempo que lhe foi dado para a apresentar.

4 – Termino convidando-os a não abandonarem o caminho já percorrido e a continuarem a ser bons leitores: usem as vossas bibliotecas, descubram outras histórias, contem-nas aos vossos colegas da forma que souberem, divirtam-se, aprendam, partilhem, cresçam!

Aos srs professores e srs diretores quero deixar também uma palavra de apreço. Fazer parte do júri de um concurso como este é um privilégio pois, deste lado, temos a noção de que há centenas de escolas deste pais que leram, produziram podcast e fizeram, refizeram, tentaram produzir o melhor dos trabalhos possíveis dentro das condições humanas e técnicas que lhes foram postas à disposição.

Parabéns aos professores por não desistirem, parabéns às direções por criarem nas suas escolas condições para que este tipo de trabalho se realize. A escola são as aulas, mas não podem ser só as aulas. O currículo é um conceito muito mais vasto que o programa de uma disciplina.

Termino com votos para que alunos, professores e diretores não deixem de acarinhar a biblioteca escolar como espaço privilegiado para a aprendizagem.

 .
---
No relativo à participação dos miúdos no dia de hoje, retenho a participação dos alunos do colégio Monte Flor de Carnaxide que dramatizaram a história  com que participaram... Que belo!


Veja-se a arte desde pequeno que no computador gere a entrada dos sons adequados à dramatização que está em cena. Quem disse que os miúdos não participam e não aprendem com o concurso? Dá mesmo gosto perceber que há mesmo competências na área técnica que estão a ser aprendidas e mobilizadas através desde concurso. Estou certo que este aluno, ao longo do seu percurso escolar, se irá desembaraçar melhor quando tiver que lidar e gerir informação e/ou de realizar um trabalho no computador .











Sem comentários:

Enviar um comentário