segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

INKHEART

INKHEART ou Coração de Tinta é um  filme sobre livros, leitores e o poder da leitura em voz alta... com qb de ingredientes fantasiosos. Embora não seja propriamente "brilhante", está bem conseguido e tem algumas boas ideias para brincar com as referências (ou falta delas...) - e trabalhar intertextualidade -  com os nossos mais jovens.  Baseado no livro de Cornelia Funke.

Mortimer “Mo” Folchart (Brendan Fraser) e a sua filha de 12 anos, Meggie (Eliza Hope Bennett), partilham a paixão pelos livros. O que eles também partilham é o dom único de trazer as personagens dos livros para a vida quando lêem em voz alta. Mas há um perigo: por cada personagem trazida para a vida, uma pessoa a sério desaparece nas páginas do mesmo livro.
Numa das suas viagens a alfarrabistas, Mo ouve vozes que já não ouvia há anos, e quando descobre o livro de onde elas vêm, sente um arrepio pela espinha acima. É Inkheart, um livro recheado de ilustrações de castelos medievais e estranhas criaturas - um livro que ele andava à procura desde que Meggie tinha três anos de idade, quando a sua mãe, Resa (Sienna Guillory), desapareceu para o interior do seu místico mundo.

Mas o plano de Mo para usar o livro e resgatar Resa é posto em causa quando Capricorn (Andy Serkis), o diabólico vilão de Inkheart, rapta Meggie e exige a Mo que dê vida a outra personagem ficcional. Determinado a resgatar a filha e mandar as personagens de ficção para onde elas pertencem, Mo reune um variado grupo de aliados, reais e mágicos, e embarca numa viagem ousada e perigosa, para colocar todas as coisas no seu sítio.

Sem comentários:

Enviar um comentário