quinta-feira, 28 de outubro de 2010

1202 - tinha graça se fosse anedota

Tinha graça se fosse anedota mas como não é, não haverá alguém que ponha em ordem este país?
Com este faz que anda mas não anda, os especuladores ganham e ganham e ganham o meu dinheiro!

Que é isto?

Um corte de 3% a 5% no meu salário para sempre e que influenciará a minha/nossa reforma não pode ser esbanjado com os especuladores. Demitam-se, entendam-se, mas não brinquem com coisas sérias e com o suor do rosto das pessoas que trabalham e não podem fugir aos impostos...

Estiveram a discutir 0,25 do pib que já hoje voou para os especuladores

São mesmo necessárias novas políticas e políticos... estes que dançam o tango e nos dão este triste fado estão a esticar a corda demais.

Arre, faz-me lembrar António Gedeão... A ver se se arranja um novo "barco/mestre" que este só ao fundo mesmo

Vou-me até à Outra Banda
No barquinho da carreira.
Faz que anda mas não anda;
Parece de brincadeira.
Pranta-se o homem no leme.
Tudo ginga, range e treme.
Bufa o vapor na caldeira.
Um menino solta um grito;
Assustou-se com o apito
Do barquinho da carreira.
Todo ancho, tremelica
Como um boneco de corda.
Nem sei se vai ou se fica.
Só se vê que tremelica
E oscila de borda a borda.

(António Gedeão)

2 comentários:

  1. Canso-me de dizer que precisamos não de uma alternativa política, mas sim de uma política alternativa...

    Beijo, João.

    ResponderEliminar
  2. Maria:

    já nem sei o que diga, o que me leva, por vezes, a nada dizer tal o absurdo de certas pseudo políticas e jogadas

    Beijo

    João

    ResponderEliminar