segunda-feira, 12 de abril de 2010

SOLAR




Estou a ler o Solar, de Ian McEwan... sou fã, assim como muitos portugueses.

Solar, como o título pode indiciar, trata de um assunto que assusta o planeta, mas não abandona um tema tradicional e caro a McEwan. O primeiro caso são as alterações climáticas. O segundo, as dificuldades de relacionamento entre pessoas, designadamente entre marido e mulher.

O romance desenrola-se nos últimos dez anos e é composto por três partes. A primeira parte começa assim: "Ele pertencia a esta espécie de homens – de aparência vagamente desagradável, muitas vezes calvos, baixos, gordos, inteligentes – que são inexplicavelmente atraentes para certas mulheres belas".

A vida pessoal do físico cinquentão é uma verdadeira catástrofe! De certo modo, ele representa o nosso planeta, num fervor crescente de consumo. Consome comida, ficando cada vez mais gordo à medida que o enredo avança e... consome mulheres! O romance inicia-se com a ruína do seu quinto casamento, na segunda parte, uma outra mulher e um filho...e finalmente, na terceira parte um outro envolvimento, desta vez no deserto do Texas onde irá ser inaugurada a revolucionária central solar. O mundo poderia ser salvo, mas ele estava perdido.

A não perder!

1 comentário:

  1. Viva Júlia:

    Ainda não lhe tinha pegado... Promete sim

    bjs

    João

    ResponderEliminar