sexta-feira, 12 de outubro de 2007

268 - perfilados de medo




Nos últimos tempos tenho andado com a sensação de que a loucura invadiu o nosso sistema de ensino e, com a escolha da imagem, não me quero referir apenas ao episódio da covilhã, mas ao medo que invadiu os estabelecimentos de ensino e que hnos leva a pensar duas vezes antes de abrir a boca e, quando tal é absolutamente necessário ficarmos com a noção de que nos "metemos na boca do lobo"
Será que chegaremos a isto... (mais cedo do que pensamos?)

Perfilados de medo, agradecemos
o medo que nos salva da loucura.
Decisão e coragem valem menos
a vida sem viver é mais segura.

Aventureiros já sem aventura,
perfilados de medo combatemos
irónicos fantasmas à procura
do que não fomos, do que não seremos.

Perfilados de medo, sem mais voz,
o coração nos dentes oprimido,
os loucos, os fantasmas somos nós.

Rebanho pelo medo perseguido,
já vivemos tão juntos e tão sós
que da vida perdemos o sentido…

ALEXANDRE O’NEILL

---
Ah! mais uma nota a acrescentar a este panorama.
De uma noite para outra, um destes últimos dias, chegou a informação à cerejeira que tenho no meu jardim que começou o Outono.
Caiem-lhes folhas às dezenas. SErá que ela também prefere desistir a ousar?

Sem comentários:

Enviar um comentário