terça-feira, 16 de abril de 2013

1565 - A Lezíria

Este ano aceitei mais uma vez dar uma formação lá para a outra margem, a norte do Tejo - Coruche!

Confesso que a estafa fica muito amenizada pelas belas imagens de árvores imponentes, do rio Soraia, das margens do Tejo, da paisagem bucólica!

É linda e bela a nossa terra.
E como me descansam estas paisagens!



Sem comentários:

Enviar um comentário

1897 (da resiliência) - Uma vez que já tudo se perdeu

Uma vez que já tudo se perdeu Que o medo não te tolha a tua mão Nenhuma ocasião vale o temor Ergue a cabeça dignamente irmão Falo-te em...