terça-feira, 1 de maio de 2007

193 - o primeiro 1º de Maio

Já lá vai muito tempo mas vivi-o. Foi um dia soberbo. Toda a gente na rua. Toda a gente feliz. toda a gente era gentil. Toda a gente conduzia civilizadamente e com civismo. Toda a gente partilhava. Que festa. Que urgência. Que pressão se soltou de todos nós. Que efusão de cor e cravos vermelhos nas mãos de todos...

















Hoje andei com esta canção todo o dia no ouvido... Eu vim de longe

Quando o avião aqui chegou
quando o mês de Maio começou
eu olhei para ti
então entendi
foi um sonho mau que já passou
foi um mau bocado que acabou

Tinha esta viola numa mão
uma flor vermelha n'outra mão
tinha um grande amor
marcado pela dor
e quando a fronteira me abraçou
foi esta bagagem que encontrou

Eu vim de longe
de muito longe
o que eu andei p'ra'qui chegar
Eu vou p'ra longe
p'ra muito longe
onde nos vamos encontrar
com o que temos p'ra nos dar

E então olhei à minha volta
vi tanta esperança andar à solta
que não hesitei
e os hinos cantei
foram feitos do meu coração
feitos de alegria e de paixão

Sem comentários:

Enviar um comentário