terça-feira, 13 de março de 2007

165 - das coisas simples e belas também é preciso falar















Gosto de ti


O vento passou e disse:
Gosto de ti
E a flor abriu-se em pétalas
de todas as cores.

A onda passou e disse:
Gosto de ti
E na praia a areia
ficou mais lisa.

A noite passou e disse:
Gosto de ti
E as árvores cheias de orvalhos
ficaram mais verdes.

O sol passou e disse:
Gosto de ti
E o trigo muito loiro
acenou com as espigas maduras.

A neve passou e disse:
Gosto de ti
E a terra embrulhou-se
num manto todo branco.

A chuva passou e disse:
Gosto de ti
E o rio cantou mais forte

O amigo passou e disse:
Gosto de ti
E o coração
ficou a dançar de alegria

Leonor Santa Rita

Sem comentários:

Enviar um comentário