sábado, 26 de novembro de 2016

1820 (das palavras) - Quando, um dia

Quando, um dia.

Quando eu souber escrever,
Dir-te-ei dos meus silêncios.
Quando um dia souber calar,
Falar-te-ei dos meus diálogos.
Quando um dia souber dizer,
Calarei a minha voz.

O escrito,
O silenciado,
O não dito,
As palavras.

Quando um dia souber dizer,
Então dir-te-ei,
Quando um dia souber escrever,
Então falar-te-ei.  

E me compreenderás?
E me compreenderei?  

Usaremos as palavras,
Sem receios,
Isso me e nos bastará.

João P.

Nov 2016 

Sem comentários:

Enviar um comentário