sábado, 13 de setembro de 2014

372 - O Mar na poesia portuguesa (tradução em inglês)

Sea!
And it is an open poem that echoes
in the conch of the shore...
Ah, if we could only hear it without more lines!
So pure,
So blue,
So salty...
Horizontal miracle
Universal,
Realised in a single word.

Miguel Torga
Diário XV 

Sem comentários:

Enviar um comentário

1897 (da resiliência) - Uma vez que já tudo se perdeu

Uma vez que já tudo se perdeu Que o medo não te tolha a tua mão Nenhuma ocasião vale o temor Ergue a cabeça dignamente irmão Falo-te em...