domingo, 8 de dezembro de 2013

A promoção da leitura nas bibliotecas escolares

Nestes quase três anos que levo como coordenador interconcelhio para as bibliotecas escolares nunca me tenho esquecido de perguntar, quando visito uma biblioteca escolar, sobre como está a escola no relativo aos empréstimos domiciliários: os alunos requisitam muito ou pouco, tem aumentanto, diminuído, que ações têm sido feitas tendo em vista a promoção da leitura? ...

Confesso que, por vezes, saio desiludido de algumas bibliotecas ao percecionar que alguns professores bibliotecários baixam os braços e acham que é uma inevitabilidade que os alunos não leiam.

Discordo deste ponto de vista. Tento argumentar e dar-lhes pistas...

Foi com muito agrado que vi na BE Carlos Ribeiro em Pinhal de Frades, concelho do Seixal, que uma das minhas sugestões tinha sido acolhida e que o fundo documental mais destinado aos alunos do 2º ciclo tinha sido reorganizado e lhe dada nova arrumação e organização. Pelos vistos esta estratégia tem dado bom resultado. Viva quem tenta!




3 comentários:

  1. Como mãe de um menino (12 anos-7ºano) que não gosta de ler, e desde cedo fomentei esse gosto, será que me poderia dar algumas sugestões para o reabilitar neste gosto pelo prazer de ler? Ainda no outro dia, levei-o ao teatro e ele só perguntava: - Ainda falta muito?... Não sei mais o que fazer. O irmão de 7anos adora ler, lê sozinho, e escreve muito bem para a idade. O mesmo irmão que adorou o teatro, fala sobre as coisas e questiona. E contudo posso dizer que investi mais tempo com o meu filho mais velho do que com o mais novo. Vá-se lá explicar isto!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marta,

      se me permite, sugiro-lhe, para "recuperar esse gosto", que tente a leitura do livro "Diário inventado de um menino já crescido", de José Fanha. Comece por ler-lhe em vo alta a passagem "As gajas são lixadas". Tenho experimentado com vários adolescentes e parece resultar...
      Jacqueline Duarte
      (professora bibliotecária)

      Eliminar
  2. Cara Marta,

    A sua questão é bem interessante e remete-me para os comentários que costumo ouvir... no 1º ciclo eles devoram livros e no 7º ano é o que se vê.
    Não nego que a mudança de idade jogue um papel muito importante, mas há que descobrir a temática certa. Nestas idades eles e elas leem coisas diferentes. Para eles muita da fição é desinteressante se desligada da aventura e do heroi... mas gostam de factos, de biografias, de ação... (lembro-me que eu próprio me fascinei pela história do Capitão Scott e a conquista do polo Sul)
    Como prova de que os jovens leem temos a série do Harry Potter que foi um tremendo sucesso, sendo que cada volume era enorme! (para o que eles costumam escolher!). Não nego que associado ao Harry Potter houve uma eficaz campanha de marketing, no entanto, o facto é que os livros eram lidos.

    Não creio ter ajudado muito mas fica a intenção!

    ResponderEliminar